Município de Esposende adere a projeto de teleassistência a munícipes em situação vulnerável

Município de Esposende adere a projeto de teleassistência a munícipes em situação vulnerável

- in Local, Notícias
550
0

O Município de Esposende vai aderir ao projeto “eGuard”, um serviço de teleassistência para munícipes mais vulneráveis, nomeadamente em situações de dependência, isolamento e sem apoio familiar. Para o efeito será celebrado um protocolo entre o Município e a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Nos domínios social e de saúde é possível constatar-se que as situações de dependência decorrentes de idade, incapacidade, isolamento ou condições económicas desfavorecidas, constituem uma problemática de extrema relevância. Por isso, urge desenvolver ambientes capacitadores de autonomia das pessoas em situação de dependência, como a implementação de serviços de apoio e segurança, de que é exemplo a teleassistência.

O Município de Esposende tem assumido um papel interventivo no apoio a projetos que constituam auxiliares inestimáveis na promoção do bem-estar e da qualidade de vida dessas franjas da população, designadamente por via da celebração de protocolos de cooperação com entidades que se afirmam como parceiras determinantes na concretização das atribuições autárquicas mencionadas

Com o apoio da Agência para o Desenvolvimento da Sociedade de Informação e do Conhecimento (ADSI), o projeto “eGuard” irá permitir a distribuição de um dispositivo eletrónico de apoio gratuito aos idosos, permitindo a sua monitorização permanente através de um portal que se encontrará acessível na Sala de Situação do Comando Territorial da GNR.

O equipamento associado ao sistema “eGuard” consiste num objeto do tamanho de um comando de portão, com apenas um botão que, quando premido durante mais de 3 segundos, aciona uma chamada SOS para a GNR. A sala de situação da GNR recebe os alertas e aciona os meios de socorro.

As despesas referentes a cada um dos dispositivos e a todo o demais equipamento informático necessário serão assumidas pelo Município de Esposende, representando um valor que poderá atingir os 7.500 euros.

A adesão a este projeto representa mais um passo significativo no âmbito da melhoria das condições de vida dos cidadãos, juntando-se aos inúmeros outros projetos em curso nos domínios da Saúde e da Ação Social, contribuindo-se, desta forma, para o cumprimentos dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.

Facebook Comments

Leave a Reply

 

Related Posts