Esposende mantém-se no top dos municípios com água 100% Segura

Esposende mantém-se no top dos municípios com água 100% Segura

- in Local, Notícias
163
0

Beber água da torneira com confiança continua a ser uma realidade no Município de Esposende, que mantém o indicador 100% Água Segura, como atesta o Relatório Anual do Setor de Águas e Resíduos em Portugal – RASARP 2020, publicado recentemente pela Entidade Reguladora de Serviços de Águas Resíduos (ERSAR).

De facto, este desempenho confirma a excelência na qualidade da água para consumo humano registada nos últimos anos no Município, colocando-o em primeiro lugar no ranking de percentagem de água segura nos concelhos da região norte.

Este nível de excelência é sustentado por um acompanhamento rigoroso e coordenado da aplicação da legislação pelos diferentes agentes envolvidos no processo (EAmb – Esposende Ambiente, ERSAR, Autoridade de Saúde e Águas do Norte), refletindo-se também na crescente melhoria da fiabilidade dos resultados analíticos.

Em 2019, a Esposende Ambiente realizou cerca de 700 análises na torneira dos consumidores de Esposende, dando cumprimento ao número de análises legalmente exigido e sem registo de qualquer incumprimento, e quase 3 000 na rede de distribuição, no âmbito do controlo operacional e do Plano de Segurança da Água.

O RASARP procura sintetizar a informação considerada mais relevante no controlo da qualidade da água para consumo humano, em cumprimento com a legislação em vigor, permitindo também comparar os resultados obtidos em 2019 com os resultados de anos anteriores bem como acompanhar a evolução da situação por concelho, por entidade gestora e por zona de abastecimento, dados que estão disponíveis para consulta em www.ersar.pt.

Os serviços de abastecimento público de água, de saneamento das águas residuais urbanas e de gestão de resíduos têm uma importância fundamental na sociedade. Não é possível falar de um verdadeiro desenvolvimento sem ter em conta a necessidade de dispor destes serviços, de forma generalizada em todo o território, com qualidade. Por essa razão, a Esposende Ambiente e a Câmara Municipal de Esposende têm definido políticas e estratégias empresariais, baseadas na avaliação do serviço que é efetivamente prestado aos munícipes, à luz das melhores práticas disponíveis e das metas definidas pelos planos estratégicos do setor da água e resíduos.

O trabalho que tem sido desenvolvido ao nível da qualidade da água para consumo humano pode também ser entendido como contributo para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU, concretamente do ODS 6 – Água Potável e Saneamento, ou seja, garantir a disponibilidade e a gestão sustentável de água potável e do saneamento para todos, procurando aumentar a confiança dos consumidores e incentivar o consumo de água da torneira.

Facebook Comments

Leave a Reply

 

Related Posts