Escolas Básicas de Gemeses e de Pinhote-Marinhas remodeladas para o novo ano letivo

Escolas Básicas de Gemeses e de Pinhote-Marinhas remodeladas para o novo ano letivo

- in Educação, Notícias
344
0

A cerca de duas semanas do arranque do ano letivo 2020/2021, o Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira e a Vereadora da Educação, Angélica Cruz, realizaram, hoje, visitas às Escolas Básicas de Gemeses e de Pinhote – Marinhas, para avaliar o andamento dos trabalhos de beneficiação em curso nestes equipamentos de educação e ensino. Acompanharam as visitas os corpos docentes e os autarcas das duas freguesias.

Em Gemeses, a intervenção corresponde a um investimento de 142.622,17 euros, e traduz-se num conjunto de melhorias, tanto ao nível do edifício como do próprio recreio. Já neste ano letivo, o estabelecimento integrará também a Educação Pré-Escolar, pelo que houve necessidade de proceder a algumas adaptações. As obras contemplaram a pintura do edifício, a ampliação do espaço afeto ao recreio coberto e a instalação de um parque infantil, bem como a adaptação do recinto e do edifício, facilitando o acesso de pessoas com mobilidade condicionada. Os trabalhos encontram-se na fase final e estarão totalmente concluídos a tempo do início das aulas, previstas para 16 de setembro.

Na Escola Básica de Pinhote, os trabalhos decorrem a bom ritmo. A intervenção no interior do edifício estará finalizada a tempo de possibilitar o arranque nas aulas, agendado para o dia 17 de setembro, sendo que os restantes trabalhos, ao nível do exterior, serão concretizados de seguida.

Esta intervenção, orçada em 169.600 euros, traduz-se, assim, na beneficiação do edifício existente e do logradouro envolvente. A criação de sanitário adaptado a pessoas com mobilidade condicionada, equipado com duche, e a total reformulação das instalações sanitárias existentes integram as melhorias, onde se contempla também a pintura do interior e do exterior do edifício, bem como dos muros, dos elementos metálicos dos cobertos, dos corrimões das rampas e dos portões do logradouro, e a substituição da caixa de correio. No piso 1, o pavimento em madeira das salas de aula é substituído por pavimento flutuante. A obra contempla, ainda, trabalhos de manutenção da cobertura do telhado, a requalificação do parque infantil existente no logradouro e a requalificação do campo polidesportivo adjacente ao recinto escolar, que engloba a recuperação do murete existente e do piso com tapete betuminoso e pintura, e a substituição das balizas. A zona do polidesportivo passará a ser completamente vedada, sem comunicação direta com o exterior, com acesso apenas através do logradouro da escola.

Nesta intervenção está igualmente contemplada a execução da ligação da rede de drenagem de águas residuais do edifício à rede de saneamento público, na Rua do Regedor, com desativação das fossas séticas existentes.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, refere que “em ambas as escolas, os trabalhos estão a decorrer a bom ritmo e dentro do calendário previsto”. Salienta que “a grande preocupação da autarquia tem sido garantir à comunidade educativa as melhores condições possíveis para o ano letivo que se avizinha, o qual, por força das contingências da pandemia de Covid-19, será atípico e a requerer diversas medidas adicionais de salvaguarda das condições de saúde e segurança de toda a comunidade escolar”. Manifestou-se, contudo, “otimista e convicto de que tudo irá correr pelo melhor”.

Benjamim Pereira realça que, só nestas duas intervenções está em causa um valor superior a 311.000 euros, que se soma a um vasto conjunto de investimentos do Município, em matéria de Educação. Com efeito, em alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU, a Câmara Municipal tem vindo a concretizar a requalificação e beneficiação dos equipamentos escolares da rede pública do concelho, no sentido de proporcionar melhores condições a toda a comunidade escolar. Neste plano de intervenção, integram-se, entre outras intervenções, a remoção das coberturas em fibrocimento ainda existentes, a pintura dos edifícios e a disponibilização de equipamentos informáticos.

Facebook Comments

Leave a Reply

 

Related Posts