Canal Intercetor de Esposende entra em pleno funcionamento

Canal Intercetor de Esposende entra em pleno funcionamento

- in Local, Notícias
1087
0

Reabriu hoje ao trânsito o troço da Estrada Nacional 103-1, entre a Senhora da Saúde e a zona industrial em Esposende, concluída que está a execução da última passagem hidráulica do canal intercetor. A execução desta passagem teve obrigatoriamente que ser feita no período de verão, de modo a estar operacional no inverno.

Com a conclusão desta passagem dá-se por concluído o processo de construção do canal no que toca à componente hidráulica para prevenir inundações na cidade de Esposende. Com uma extensão de 4,5 quilómetros, o canal intercetor apresenta dois pontos de descarga – um a norte, em Cepães, e outro a sul da cidade, a jusante da ponte D. Luís Filipe.

A instalação deste sistema deve-se ao facto de Esposende ser considerada uma das 22 zonas críticas identificadas em Portugal Continental, no âmbito do Plano de Gestão de Riscos de Inundação, elaborado pela Agência Portuguesa do Ambiente. A obra correspondeu a um investimento de cerca de 5 milhões de euros, incluindo a aquisição e/ou expropriações de terrenos.

O Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira, sublinha que “esta obra terá grande impacto na proteção da zona urbana de Esposende, protegendo-a das cheias, mas também contribuirá para um novo desenho na ocupação dos solos, com nova imagem urbana, criando um anel verde em torno da cidade”. Paralelo ao canal, estende-se um percurso que completa um circuito de visitação e prática desportiva que liga com a Ecovia do Litoral Norte e o futuro Parque da cidade.

Considerando que se inicia, este mês, o ano hidrológico, Benjamim Pereira refere a necessidade de as populações estarem preparadas para prevenir a precipitação com a adoção de medidas de preparação e autoproteção. Neste sentido, é fundamental garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento de águas pluviais dos quintais, ou varandas e a limpeza de sarjetas, algerozes e caleiras dos telhados das habitações. Impõe-se também desobstruir as linhas de água que passam junto das habitações, a revisão dos sistemas de bombagem e a reposição de coberturas de edifícios em obras.

Facebook Comments

Leave a Reply

 

Related Posts