Município de Esposende integra rede intermunicipal de bibliotecas

Município de Esposende integra rede intermunicipal de bibliotecas

- emCultura, Notícias
3
0

Os Presidentes e representantes dos seis Municípios que constituem a CIM Cávado (Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde) e o Diretor-Geral da DGLAB, Dr. Silvestre Lacerda, celebraram um Acordo de Cooperação para a constituição da Rede de Intermunicipal de Bibliotecas de Leitura Pública do Cávado, envolvendo a CIM Cávado e a Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB).

O lançamento da Rede Nacional de Bibliotecas Públicas, em 1986, marcou o início de um esforço comum por parte da Administração Central e Local, que permitiu a criação de um conjunto de novos equipamentos, para grande parte dos municípios portugueses, e assim oferecer às populações serviços modernos de Biblioteca.

A importância do aprofundamento deste trabalho cooperativo torna-se essencial para criar, melhorar e potenciar as funções sociais, educativas e culturais que uma biblioteca pública deve providenciar à sua comunidade e a todos os cidadãos que a visitam. Áreas como a promoção das literacias, a inclusão social e o conhecimento em todas as áreas do saber, são cada vez mais importantes, no mundo globalizado em que vivemos.

Após 32 anos sobre o seu o lançamento, e à luz de um novo paradigma, a Rede Nacional de Bibliotecas Públicas deve agora incentivar o crescimento e o desenvolvimento de redes intermunicipais eficientes, para ir ao encontro das necessidades particulares das comunidades regionais, através do apoio à criação de um conjunto diversificado de competências, recursos e serviços.

O objetivo das Bibliotecas de Leitura Pública do Cávado é melhorar o serviço prestado aos munícipes e a todos os cidadãos, contribuindo para o seu desenvolvimento pessoal e comunitário. Tal implica a qualificação dos serviços das bibliotecas públicas, através de ações de disponibilização e atualização dos diferentes recursos e serviços, de forma cooperativa, articulada e em rede, de modo a consolidar os públicos existentes e a atrair novos utilizadores, com interesses e necessidades diferenciadas.

Comentários Facebook

Comentários

 

Artigos relacionados