Inscrições para a Festa dos Santos Populares decorrem até 17 de maio

Inscrições para a Festa dos Santos Populares decorrem até 17 de maio

- emCultura, Notícias
8
0

As inscrições para a Festa dos Santos Populares que o Município de Esposende vai proporcionar à comunidade idosa do concelho, no próximo dia 7 de junho, na Quinta da Malafaia, em Antas, decorrem até ao próximo dia 17 de maio nas Juntas de Freguesia do concelho.

A iniciativa é dirigida aos munícipes com idade igual ou superior a 65 anos, portadores de deficiência com autonomia com idade superior a 35 anos e pessoas que frequentam as Instituições Particulares de Solidariedade Social com valência para a terceira idade. Podem também participar pessoas com idade inferior a 65 anos casadas ou a viver em união de facto com inscritos na iniciativa, bem como os filhos portadores de deficiência, independentemente da idade.

Música e muita animação, e na ementa a apreciada sardinha, são os ingredientes desta festa, que tem no desfile das marchas alusivas aos Santos Populares pelos idosos um dos seus pontos altos.

Esta atividade integra o Programa “Ativo Mais”, desenvolvido pela Rede Social de Esposende, e enquadra-se na política social do Município para a promoção da longevidade. Tem como objetivos atenuar o isolamento social, fortalecer laços de amizade e desenvolver competências sociais, educativas e culturais, com vista à promoção de um envelhecimento bem-sucedido e saudável, indo, assim, ao encontro do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável Saúde de Qualidade (ODS 3), uma das 17 metas da Agenda 2030 que o Município de Esposende assumiu para o seu plano de ação. De resto, a Festa dos Santos Populares visa o cumprimento do ODS 17 – Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade

Tal como em edições anteriores, na organização deste evento o Município conta com a colaboração das Instituições de Particulares de Solidariedade Social do concelho, das Juntas de Freguesia, e com o apoio à emergência dos Bombeiros Voluntários de Esposende e de Fão e da Delegação de Marinhas da Cruz Vermelha Portuguesa.

Comentários Facebook

Comentários

 

Artigos relacionados