Hospital de Braga escolhido por mais de uma centena de médicos para realizar o Internato

Hospital de Braga escolhido por mais de uma centena de médicos para realizar o Internato

- emLocal, Notícias
237
0

O Hospital de Braga recebeu, hoje, 70 médicos recém-licenciados que vão frequentar o Internato de Formação Geral durante o ano de 2020 e 45 Internos de Formação Específica que nos próximos anos vão realizar a sua especialidade.

A sessão de acolhimento decorreu nos Auditórios do Hospital e contou com a presença de João Porfírio Oliveira, Presidente do Conselho de Administração do Hospital de Braga, Jorge Marques, Diretor Clínico e Luís Basto, Diretor do Internato Médico que juntamente com Narciso Oliveira, Diretor adjunto do Internato Médico, deram as boas-vindas aos médicos e futuros especialistas que escolheram o Hospital de Braga para realizar o seu internato. 

João Porfírio Oliveira, Presidente do Conselho de Administração mostrou-se satisfeito com o número de médicos que escolheram o Hospital de Braga: “hoje acolhemos 115 novos médicos para realizarem a sua formação geral e específica, registando-se um aumento de 9% face ao ano anterior”. João Porfírio Oliveira referiu, ainda, que “o Hospital de Braga pretende, cada vez mais, fomentar a ligação às instituições universitárias, principalmente à Universidade do Minho, bem como privilegiar a formação e a investigação”.

Luís Basto, Diretor do Internato Médico, realçou a capacidade formativa do Hospital de Braga que “possui Idoneidade formativa, atribuída pela Ordem dos Médicos, em 30 especialidades médicas, tendo sido uma escolha privilegiada pelos médicos internos em relação a outros hospitais, facto que reconhece a qualidade clínica e formativa desta instituição”.

Na sessão de boas-vindas estiveram também presentes os Diretores Clínicos do ACES Cávado I – Braga e do ACES Cávado II – Gerês Cabreira e ainda o Coordenador da Unidade de Saúde Pública de Braga.

 

O Internato Médico

O Internato Médico é composto pela Formação Geral – primeiro ano do Internato caracterizado por um período de formação geral onde o médico tem oportunidade de contactar com vários serviços – a que se segue a Formação Específica – um período de especialização que poderá durar entre 4 e 6 anos.

Comentários Facebook

Comentários

 

Artigos relacionados