Esposende promove “Literacia em Saúde”

Esposende promove “Literacia em Saúde”

- emLocal, Notícias
4
0

O Centro de Informação Turística de Esposende vai acolher, no próximo dia 30 de abril, o II Seminário “Literacia em Saúde”, organizado pelo Município de Esposende em colaboração com o Centro Interdisciplinar em Ciências da Saúde (CICS) do ISAVE – Instituto Superior de Saúde.

A iniciativa insere-se nas comemorações do Dia Mundial da Saúde, que se assinala a 7 de abril, e enquadra-se no Plano Municipal de Promoção da Saúde, orientado para a melhoria do bem-estar e da qualidade de vida das populações.

A sessão de abertura acontecerá pelas 9h30 e contará com intervenções da Presidente do ISAVE, Mafalda Duarte, do Presidente Conselho de Direção do ISAVE, João Luís Nogueira, do Diretor Executivo Interino do ACES Cávado III – Barcelos/Esposende, Fernando Ferreira, e do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira.

Num primeiro painel, serão abordadas “Práticas e Estratégias Nacionais e Locais de Literacia em Saúde”. Joaquim Barbosa, Presidente do Conselho de Administração do Hospital Santa Maria Maior abordará o tema “Impacto da (i)literacia no modelo local de prestação de cuidados de saúde” e Fernando Ferreira, Diretor Executivo Interino do ACES Barcelos/Esposende falará sobre “A Literacia que se vai semeando nos cuidados de saúde primários”. Segue-se uma conferência, por Luis Saboga Nunes, docente da Escola Nacional de Saúde Pública, relativa ao projeto ESLiSa – Incrementando no Ensino Superior a Literacia para a Saúde.

Da parte de tarde, e num segundo painel intitulado “Investigação em Literacia em Saúde”, serão apresentados alguns projetos desenvolvidos no país e diretamente relacionados com a Literacia em Saúde. Gisele Câmara, docente da Escola Nacional de Saúde Pública, irá apresentar o projeto “Papa Bem: promovendo a literacia em saúde para prevenção da obesidade infantil”; Hernâni Zão, do Laboratório de Criação para a Literacia em Saúde da Universidade do Porto, abordará o tema “Storytelling e a inovação tecnológica na literacia em saúde”; António Manuel Marques, da Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal, centrará a sua intervenção sobre “Saberes leigos e literacia em saúde”; e Isabel Loureiro, docente da Escola Nacional de Saúde Pública, falará sobre “O papel dos Municípios na promoção da literacia em saúde”.

Esta iniciativa assume particular relevância na medida em que a literacia em saúde é fundamental no processo de tomada de melhores decisões e na obtenção de melhores resultados em saúde. Esta ação está igualmente orientada para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, desígnio assumido pelo Município de Esposende, nomeadamente no que respeita a Saúde de Qualidade (ODS 3), Educação de Qualidade (ODS 4) e Parcerias para a Implementação dos Objetivos de Sustentabilidade (ODS 17).

Comentários Facebook

Comentários

 

Artigos relacionados