Esposende acolhe mototuristas da 21.ª edição de Lés-a-Lés

Esposende acolhe mototuristas da 21.ª edição de Lés-a-Lés

- emDesporto, Notícias
16
0

Esposende acolhe, a 10 de junho, perto de 2 mil mototuristas, participantes no 21.º Portugal de Lés-a-Lés, prova organizada pela Comissão de Mototurismo da Federação de Motociclismo de Portugal. Numa edição que representa o regresso ao litoral minhoto onde o Lés-a-Lés não andava desde 2006, os participantes vão descobrir os vales do Cávado e Neiva, com paragens na praia fluvial do Faial e Foz do Cávado.

A edição deste ano do Portugal de Lés-a-Lés tem como tema “Aventura com aroma a maresia”, trilhando caminhos junto ao mar, aos rios e ribeiros, dando a conhecer os recantos mais pitorescos do país, associando uma mensagem de preocupação e preservação ambientais.

Entre 9 a 12 de junho, os mototuristas vão de Felgueiras a Lagos, com paragens obrigatórias em Esposende, Figueira da Foz e com uma incursão no estuário do rio Tejo, até Arruda dos Vinhos, onde terminará a segunda etapa. Segundo o vereador do pelouro do Desporto da Câmara Municipal de Esposende, Rui Losa, “a receção em terras esposendenses far-se-á em moldes que deixem todos os participantes com vontade de voltar para descobrir, ao pormenor, todas as maravilhas do concelho”.

Depois do contributo para reflorestação das áreas ardidas em 2016 e 2017 com distribuição de árvores autóctones e forte campanha de sensibilização efetuada em 2017 e 2018, a edição de 2019 será palco da divulgação do Projeto Rios+. Esta iniciativa aposta na chamada de atenção das populações mas, sobretudo, das autarquias, proprietários e empresas locais para a preservação e requalificação das linhas de água.
No total, este que é considerado o maior evento mototurístico da Europa, percorrerá cerca de 2,5 milhões de quilómetros, sem contar com as deslocações para o local de partida e o regresso dos participantes a casa.

Comentários Facebook

Comentários

 

Artigos relacionados