“À Descoberta de… Antas” reaviva memórias e tradições do mar e do rio

“À Descoberta de… Antas” reaviva memórias e tradições do mar e do rio

- emCultura, Notícias
2
0

Na continuidade do evento “À Descoberta de…”, que o Município de Esposende está a desenvolver nas freguesias do concelho para assinalar o Ano Europeu do Património Cultural, teve lugar, ontem, 21 de junho, a conferência e abertura da exposição “Antas… que o rio beija e o mar abraça – Memória e tradição”.

O Município associa-se, assim, à Junta de Freguesia de Antas na organização desta iniciativa, que se enquadra no âmbito das Jornadas Culturais que aquela associação, em parceria com as associações locais, tem vindo a realizar nos últimos anos, conforme referiu a Vereadora da Cultura da Câmara Municipal, assinalando que Antas já tem tradição na promoção e valorização do seu património.

Angélica Cruz felicitou todos quantos sonharam esta iniciativa e saudou a freguesia por acolher este projeto cultural “À Descoberta de…”, que traz a público as memórias e as tradições da freguesia, nomeadamente no que concerne às atividades relacionadas com o mar e com o rio Neiva. Com efeito, são muitos e diversos os artefactos que compõem a exposição patente no Salão Paroquial, que integra também painéis e bibliografia que ajudam a situar os acontecimentos e a compreender a história. Esta mostra poderá ser visitada nos dias 23 e 29 de junho, a partir das 21h00, e nos dias 24 e 30 de junho, 1, 8 e 15 de julho, a partir das 9h00.

Sob o mote “Antas… que o rio beija e o mar abraça – Memória e tradição”, Ivone Magalhães, do Museu Municipal de Esposende, lembrando que o Município de Esposende preside, pelo segundo mandato consecutivo, à Rede Nacional da Cultura dos Mares e dos Rios, enquadrou Antas no tempo e na história e aflorou aspetos e particularidades desta localidade, nomeadamente da sua relação com o mar e com o rio. Os mais velhos puderam, assim, reavivar as suas memórias e os mais novos tiveram oportunidade de ficar a conhecer um pouco mais do passado da freguesia.

A apresentação de um pequeno filme, com testemunhos de alguns populares idosos, designadamente sobre a pesca do pilado, o cultivo do linho, os engenhos de serração e de moagem, contribuiu também para ajudar a compreender as vivências de outrora, testemunhos que manterão vivo e para a posteridade o património cultural local. A estes protagonistas de outros tempos, a Vereadora da Cultura da autarquia expressou palavras de apreço e saudou a sua disponibilidade, agradecendo, de igual modo, a todos quantos tornaram possível a realização deste programa cultural, que prossegue amanhã com a visita guiada “Rio Neiva – Correntes de Memória”, orientada por Ivone Magalhães, com saída às 9h00, da Foz do Rio Neiva, culminando com o Trail das Azenhas, no dia 22 de julho.

O Presidente da Junta de Freguesia, José Viana, apelou à participação nestas atividades e formulou um conjunto de agradecimentos, designadamente a todos quantos colaboraram na organização do evento “À Descoberta de… Antas”, nomeadamente à Câmara Municipal por se ter associado à promoção do património local.

Comentários Facebook

Comentários

 

Artigos relacionados